quinta-feira, novembro 30, 2006

Curso Geral Naval de Guerra. 1978/79


Muitos elementos do CR reencontraram-se no Curso Geral Naval de Guerra (CGNG).
Estes cursos, que tinham sido suspensos a seguir ao 25 de Abril de 1974 (ficando vários oficiais subalternos dispensados da sua frequência), foram retomados em 1977, com vários elementos do CR nesse primeiro curso.
Um segundo CGNG, reestruturado, teve lugar em 1978/1979, com a maior duração jamais verificada, cerca de 10 meses, que contemplava inclusive duas manhãs para a prática de educação física.


Neste segundo CGNG, houve uma forte participação do CR como a foto ilustra: Alves d’Almeida, Arménio Fidalgo, Sousa Henriques, Santos Jorge Bonina Moreno, Sanches Oliveira, Marques de Sá, Caldeira Santos, Rocha da Silva, Medeiros de Sousa, Paes de Villas-Boas, e … Castro e Silva (falta na foto - desaparecido nos trabalhos de grupo).

O curso seguinte, registado nos sismógrafos da Junqueira, já não teve a mesma estrutura e duração: tudo visto e ponderado, como sempre, foi imediatamente reduzido a cerca de metade do tempo.

sábado, novembro 25, 2006

citações

«A velhice não se lamenta, saboreia-se»
Pedro Muiambo (escritor moçambicano), «A enfermeira da bata negra»
"A reserva/reforma não se lamentam,saboreiam-se"
F.Carvalho

sexta-feira, novembro 24, 2006

Jantares de Curso. 1987

Para recordar nos jantares de Curso CR (que deviam ser almoços! ).

Cumprem-se agora 19 anos anos deste jantar realizado em Benfica:
Ainda presentes o Rocha da Silva, o "Chico" Pina e o Luís Bilreiro.
Um dia histórico a assinalar pela presença do B_V.
No canto superior direito um seleccionável para o basquetebol (2,10 ou 2,16 m?), com barbas mas pretas.

quarta-feira, novembro 22, 2006

As mais belas barbas do CR


A Barba, segundo a Enciclopédia, é o cabelo que cresce na barbicha, nas faces e na frente do pescoço do homem.
Ao longo da história e de diferentes culturas do mundo, aos homens com barba têm sido atribuídas sabedoria, potência sexual e status social. Também é verdade que se lhes reconhecia muita falta de higiene e de refinamento, sendo mais digna de excêntricos.
Nalgumas religiões, quem tem barba é considerado pessoa importante.
É o que acontece precisamente no CR.
Revelamos aqui, em todo o seu esplendor estético, algumas das vetustas barbichas que enfeitam alguns camaradas cuja identidade não quiseram revelar, de modo a que a atenção dos observadores se concentre apenas nos seus belos apêndices capilares.
Pretende-se assim, numa votação totalmente isenta, eleger os mais belos exemplares de barbas do CR.
Será depois atribuído ao vencedor um valioso prémio – direito a serviços gratuitos na conhecida barbearia “A Brilhantina das Avenidas” durante UM ANO !!!
Vamos então votar?

terça-feira, novembro 21, 2006

Viagens: NE "SAGRES" 1965. Funchal (1)


A primeira escala da viagem, depois da partida de Lisboa, foi o Porto do Funchal.

Se bem me lembro...
um momento saliente foi, por ocasião das visitas de cumprimentos a bordo, a do Sr. Governador Civil que honrou o grupo de cadetes de serviço com um húmido e muito recordado aperto de mão.

Na foto um aspecto da formatura de cadetes do CR - todos sem barbas nem bigodes, que não eram autorizados -, com o navio atracado em frente da cidade.

domingo, novembro 19, 2006

Jantar do "CR"

O convívio faz parte do património do" CR". Jantar mensal no Clube Militar Naval. Segundas 5ªFeiras de cada mês.

sexta-feira, novembro 17, 2006

Vida na Escola Naval. Camaratas (1)

Com uma vida bastante intensa de aulas, estudo e práticas físicas, era natural que nos períodos mais ociosos e em datas marcantes alguns cadetes se dedicassem a actividades de grande desgaste intelectual e fortemente contributivas para o PIB do Alfeite.

Se bem me lembro…,

este instantâneo foi colhido na véspera da partida para o embarque na Sagres, mostrando os jovens S_J, C_C, R_L, E_V e C_F altamente preocupados com o reordenamento do equipamento escolar do internato e com os testes à qualidade ISO do fardamento (observe-se a diferença das gravatas após lavagens, respectivamente, a 40º e 65º C).

segunda-feira, novembro 06, 2006

Vida na Escola Naval. O Faustino


Quem não se recorda do Faustino?

Aqui em plena sesta, tendo à sua esquerda um sapato dum cadete, símbolo da sua actividade na EN que tão bem desempenhava e que todos pagávamos mensalmente.

Quem seria o cadete que nesse dia o acompanhava em introspecção, mas deitado? Respostas só em carta fechada, ao Conselho do Almirantado.

domingo, novembro 05, 2006

Viagens: NE "SAGRES" 1965


Se bem me lembro...
  • Os maços de tabaco ainda não traziam o aviso do "fumar mata" e, talvez por o ignorarem, muitos começaram a fumar na viagem. Na foto quatro a fumar, dois dos quais (número difícil) sem mãos.
  • Verificou-se entre os cadetes uma grande profusão de máquinas fotográficas que talvez por aí permitam datar esta fotografia.
  • As sandálias, de que vemos pelo menos quatro utilizadores, eram artigo de uniforme permitido apenas a bordo. A sua aquisição era obrigatória ou facultativa?
  • Um dos fotografados ainda não imaginava que viria a ser atirador olimpico de pistola.

sábado, novembro 04, 2006

Batalha do Riachuelo (4)

No desfile comemorativo do centenário da Batalha do Riachuelo, a Bandeira Nacional integrou a representação portuguesa constituída por um oficial e cadetes da EN embarcados na Sagres.

Porta-bandeira: Calhau Feitoria;
Escolta à bandeira: Silva da Fonseca, Serras Simões e Medeiros de Sousa.

Nessa fase do curso já só um açoreano presente, em época em que ainda não estava no horizonte a constituição da respectiva Região Autónoma!

quarta-feira, novembro 01, 2006

Viagens: NE "SAGRES" 1965. Baldeação



A Marinha de Guerra Portuguesa teve sempre, felizmente, uma boa tradição de higiene e limpeza.
Nesta linha, os cadetes do CR, futuros oficiais e chefes, aprenderam e praticaram, na primeira parte da viagem, como se fazia uma boa baldeação com saponária e todos os condimentos.
Aqui vemos, em tronco nu, o Zé Viegas, que na altura nem lhe passava pela cabeça que viria a ser o Comandante do Corpo de Fuzileiros, o Luís Bilreiro que lá de cima não pode participar neste “blog” e o Aniceto Pascoal há muito ausente dos convívios do Curso.