sábado, dezembro 09, 2017

Utilidades: Portal da Academia de Marinha

No Portal da Academia de Marinha temos acesso a todas as Newsletters (incluindo as anteriores), ao programa das sessões, às edições da Academia de Marinha e respectivos artigos, etc….

sexta-feira, dezembro 08, 2017

Movimento hospitalar: AJ Monsanto de Campos

Tivemos nesta data conhecimento que o Monsanto de Campos teve em 03Dez2017 um AVC no Lar em que se encontrava e foi internado no Hospital de Cascais nos Cuidados Intensivos  com prognóstico reservado, estando paralisado do lado direito e não falando. Entretanto apanhou uma pneumonia que o deixou em situação muito delicada.
Em 07DEZ2017 foi  transferido para o Hospital das Forças Armadas no Lumiar, mantendo o mesmo estado clínico, bem acompanhado, nos cuidados intensivos. Pode ser visitado das 11H30 às 12H30 e 17 às 19, mas não interage.

(Fonte: AFidalgo)

quarta-feira, dezembro 06, 2017

Temas de Marinha: Blogue "Barco à Vista"

O Blogue "Barco à Vista" já está novamente no You Tube, o que pode ser confirmado e visto aqui.
O seu autor, o Dr. Rodrigues Morais, não é nem foi da Marinha de Guerra Portuguesa mas é um amigo e grande entusiasta dos assuntos de Marinha e especialmente da sua história contemporânea.
Naquele seu blogue, introduziu um um interessante conjunto de perguntas (mas sem as respectivas respostas) sobre a história , material e equipamento utilizado pelos Fuzileiros portugueses que denominou FUZOCULTURA .

terça-feira, dezembro 05, 2017

Almoço de CR's com JLAViegas

Hoje, 3ª Feira dia 05DEZ2017,  reuniu-se no Barreiro com o nosso camarada JLAlmeidaViegas um grupo de elementos do CR que para tal se inscreveram respondendo ao desafio lançado no recente almoço do Curso no CMN. O local escolhido, o restaurante da Associação de Fuzileiros, correspondeu perfeitamente ao pretendido, mais acessível ao convidado e aos dois elementos que o "escoltaram", um dos quais o filho. Oito opções gastronómicas que motivaram escolhas muito diversificas com predominância da Açorda com gambas, sobremesa e tinto "chateau payol". Durante o almoço o editor da Revista de Marinha ofereceu ao "homenageado" o livro "Comando no Mar" recentemente publicado, com dedicatória. Transporte para o local de 5 dos participantes via fluvial, sem contagem de tempo de embarque.
Presentes, conforme fotos comprimidas, para além do JLAViegas, o ACFidalgo (organizador), AVCunha, CSaldanhaCarreira,  HAFonseca, JAzevedoCoutinho, JPVB e PReynaudS.

N.R, O Zé Viegas mudou há algum tempo de residência para um estabelecimento na Quinta do Mocho, depois de ter partido uma perna e ter sido operado, razão pela qual vai 2 vezes por semana ao Outão a sessões de fisioterapia. 

segunda-feira, dezembro 04, 2017

CR's em actividade: Lançamento Livro "Comandar no Mar" em 14NOV2017

Da Agenda IEP - Dezembro 2017:
14 Novembro 2017| Apresentação do Livro "Comandar no Mar" Apresentação por: Vice-Almirante José Monteiro Montenegro e Prof. Lívia Franco Com as presenças do Coordenador C. m. g. Orlando Temes de Oliveira, do Editor Almirante Alexandre da Fonseca e Autores


CR's em actividade: HAFonseca em 16DEZ2017


16 Dezembro 2017
Almoço-Palestra IEP: "Os 80 anos da Revista de Marinha", Almirante Alexandre da Fonseca, Director da Revista de Marinha
      
 
Data: 16 Dezembro, 13h30-15h30
Local: Messe da Marinha, Palácio Seixas, Cascais
  
Informações secretariado.iep@ucp.pt  Universidade Católica Portuguesa - Instituto de Estudos Políticos

domingo, dezembro 03, 2017

Novo record CR de família alargada em 2017

Atingido nesta data o novo record de 15 (quinze) netos pelo nosso camarada HAFonseca e pela  sua mulher Fátima. 
A sua filha  mais nova, a Maria Ana* deu à luz hoje dia 03DEZ2017, o António com o peso de 4,280 g rpt 4,280. É o 2º filho e 2º rapaz do jovem casal.
Aos Pais e avós os nossos parabéns.

Nota* : Afilhada dum camarada do CR e da mulher deste.

sábado, dezembro 02, 2017

Conferência sobre a Pedra de Dighton

Estará programada para 12 DEZ 2017 na Sociedade de Geografia de Lisboa.às 17H00, uma sessão  da Comissão CORTE_REAL em que intervirá o Dr. Ferreira Coelho. referente à temática PEDRA de DIGHTON, com comentários do Prof Eng Senos da Fonseca e da Profª. Patrícia Moreno.

Encontro mensal do CR: Almoço de 23NOV2017 (2)

Uma das duas páginas da Newsletter nº37 do CMN:


sexta-feira, dezembro 01, 2017

Jantar de Natal do CR de 2017 (0)

Como planeado com a devida antecedência , o nosso Jantar de Natal com as consortes, está marcado para o dia 15 de Dez., 6ª Feira às 19h 30m no CMN.
As ementas alternativas e o preço já foram divulgados por mail pelo organizador ACFidalgo que agradece resposta até ao fim do dia 12DEZ2017.

Memórias prescritas (1): FSLourenço

O (MEU) INÍCIO DE TUDO, NO PERCURSO CR 
Eram tempos peculiares, aqueles. A guerra, reflectindo os interesses dos poderosos, ganhava corpo nas nossas Províncias Ultramarinas, pondo à prova a capacidade nacional de lhe fazer face, com um sucesso global que, confesso, ainda hoje me provoca marcado sentimento de admiração.
A Índia, o Santa Maria, as posições de alguns actores da cena internacional, dum modo geral convenientemente esquecidos dos seus lamentáveis e pérfidos comportamentos além-fronteiras, constituíam-se como relevantes factores de coesão para a essência da sociedade portuguesa (era rapazola, ainda, estive em Alcântara, sou testemunha presencial do ATA do paquete, falo, assim, não por ouvir dizer).
Era o tempo dos ideais, da ligação entre as pessoas, da música que comandava muitos dos nossos sentimentos, da esperança e da galvanização na construção de um futuro que haveria de, e teria que, valer a pena.
O Maio de 1968 adivinhava-se; enquanto não coincidia com o calendário, construía-se e praticava-se, um pouco por toda a Europa, aqui também.
Concorri à Escola Naval. Não foi, esclareço, a primeira, segunda ou terceira prioridades; foi a única - era o ideal. Reconheço que, hoje, todo o cenário presente na nossa sociedade, nos vectores económico, familiar e social e que envolve a nossa juventude, tem grande responsabilidade, é praticamente decisivo, na atitude individual dos que têm que definir o princípio do resto da sua vida. Mas não posso deixar de pôr, muito, a tónica na violenta e preocupante, pela dimensão e rapidez, perda de referências e valores das actuais gerações, numa Nação secularmente estruturada, muito embora ciclicamente desgastada por inevitáveis períodos de degradação.
Entretanto, cumpri a minha carreira, de mais de 40 anos, na Marinha; não sou muito dado a conceitos de destino traçado, nem a revisões do passado visando identificar erros para recorrentemente lamentar tê-los cometido.
E por isso, o meu balanço definitivo passa pelo orgulho imenso por ter decidido pertencer  a uma Organização que me deu, praticamente, tudo na vida, que me ensinou e trabalhou em mim valores e princípios que tentei, de forma por vezes talvez pouco hábil, passar aos meus descendentes, na esperança de que, por estes assumidos, possam vir a contribuir para contrariar o plano inclinado onde no presente deslizam as nossas raízes, os nossos objectivos, o nosso futuro, como sociedade, como Nação.

quinta-feira, novembro 30, 2017

Aniversários de elementos do CR: Dezembro de 2017

Neste mês de Dezembro  de 2017 completam mais um ano os seguintes camaradas:

Paulo Reynaud da Silva 02DEZ (1943)
Gonçalo Cordes Valente 03DEZ (1943)
Alexandre Noronha e Menezes 04DEZ (1943)
Fernando Santos Lourenço 07DEZ (1944)
Amadeu Cardoso Anaia 19DEZ (1943)
Manuel Rebelo Marques 19DEZ (1944)
Henrique Alexandre da Fonseca 25DEZ (1946)

A TODOS MUITOS PARABÉNS


Recordamos também em 02 de Dezembro o Luís Manuel Rocha da Silva cujo nascimento ocorreu nessa data em 1944.

terça-feira, novembro 28, 2017

Memórias prescritas (0)

Este novo espaço*, para o qual ocorreu ao eficiente GT constituído para o efeito o título "Memórias prescritas", fica reservado para registo de vivências da vida naval, desde as do respectivo início a outros passos significativos da experiência pessoal e profissional. Terá pelo menos 3 objectivos implícitos:
- Aprofundar o conhecimento mútuo;
- Trocar experiências e tentativamente, suscitar alguma crítica;
- Esperar que mais outro(s) junte(m) o respectivo início ou outras vivências.

Nota*: Sugerido por um elemento do GT , participante neste Blogue do CR: FSL

segunda-feira, novembro 27, 2017

Desafios culturais (30)

Neste prédio, que a fotografia tirada em 26NOV2017 mostra e que as duas placas da fachada assinalam, nasceu no Séc. XIX um homem que viria a ser um célebre Almirante.

De quem se trata e em que cidade se localiza o edifício mostrado na foto?

P.S. Uma ajuda: O Curso Miguel Corte Real já esteve envolvido em algo que se relaciona com este militar.

domingo, novembro 26, 2017

Noutros tempos: os fatos de banho.

Nos nossos tempos de liceu, poucos anos antes da nossa entrada para a EN, era assim a regulamentação dos fatos de banho:




sexta-feira, novembro 24, 2017

Mensagens em "posts" antigos (15NOV2014)

Porque à generalidade dos membros do blogue passarão despercebidos comentários a "posts" mais antigos (o que não acontece aos Administradores do blogue que tem que avaliar caso-a-caso a pertinência da sua publicação), aqui divulgamos uma mensagem recente do Augusto Neto a propósito do "post" de 15NOV2014 em que noticiámos o falecimento do seu irmão e nosso camarada de Curso Francisco José Ferreira Neto:
"Meu Querido irmão. Foste toda a Vida a minha fonte de inspiração Obrigado por teres existido. Ainda vamos partilhar bons momentos e recordações. Até lá." 

quinta-feira, novembro 23, 2017

Encontro mensal do CR: Almoço em 23NOV2017 (1)

Realizou-se hoje dia 23 de Novembro como largamente anunciado o encontro mensal de Novembro, no nosso CMN, com 15 presenças. Aperitivos na "marquise" junto ao bar regados a branco de Borba, sólidos logo esgotados com a excepção dos amendoins que se esqueceram de passar pelo forno ou frigideira. Mesa na sala de jantar num local e formato pouco habitual, em T, sopa de legumes, rosbife com grelos e batata frita ou polvo à lagareiro com uma ou duas excepções de mão de vaca com grão (sofrível), sobremesas diversas com predominância do pudim flan , branco ou tinto da região já antes citada.

Algumas faltas, pelo menos uma de última hora, quase todas justificadas convictamente, 
Renovada pelo Editor a oferta aos elementos do Curso, que o desejem, o Livro "Comandar no Mar" e lançada a ideia de a breve prazo reunir em almoço com o Zé Viegas*.


No final do repasto ainda se mantiveram na difícil contabilidade o organizador-mor e o oficial de ligação ao CMN.

Nota*: Conforme indicação de 24NOV do AFidalgo: O almoço será em princípio na Assoc. de Fuzileiros no Barreiro dia 05DEZ, necessitando que lhe confirmem se vão. O Zé Viegas partiu uma perna que necessitou de operação, encontrando-se a viver num "Lar"  perto de casa e a fazer fisioterapia, mas já dá uns pequenos passos apoiado numa canadiana tipo tripé.

quarta-feira, novembro 22, 2017

Blogues de camaradas de Marinha: LCostaCorreia

Do camarada mais antigo Luís Costa Correia (CMG Ref de entrada na EN em 1957) http://costacorreia.blogspot.be/ , sugerindo-se por exemplo e pela sua actualidade o artigo sobre ""Redes Sociais", um "novo poder"?" (ver aqui).

sábado, novembro 11, 2017

Encontro mensal do CR: Almoço em 23NOV2017

O próximo Almoço do CR irá realizar -se no CMN no dia 23NOV2017. pelas 12H45. O AFidalgo aguarda desde já as inscrições.

quinta-feira, novembro 02, 2017

Desafios culturais (29)

Este desafio é de grau difícil. Excerto do domínio público marítimo no Continente português. Repare-se na dimensão dos "grãos de areia". De que praia se trata?

Foto de JPVB de 29OUT2017, o que para alguns CR pode ser uma ajuda.

terça-feira, outubro 31, 2017

Aniversários de elementos do CR: Novembro de 2017

Neste mês de Novembro de 2017 completam mais um ano: 

12NOV(1944) JORGE AUGUSTO PIRES 

14NOV(1945) ARMÉNIO CARVALHO CARLOS FIDALGO 

27NOV(1945) ÁLVARO AMADO BORDALO VENTURA

A todos um abraço de parabéns!

Lembramos ainda neste mês:
em que completa cinco anos da sua morte, ocorrida em 05NOV2010, o CRHC JM CORREIA GRAÇA e em 14NOV o CR FERREIRA NETO que faleceu naquele dia no ano de 2014

E recordamos também neste mês o OC/CR GêBê Maurício, de seu nome completo EUGÉNIO HUMBERTO RODRIGUES MAURÍCIO, porque nasceu em 29NOV (1943) e faleceu neste mesmo mês no dia 21NOV em (1994).

sexta-feira, outubro 27, 2017

quinta-feira, outubro 26, 2017

Encontro mensal do CR: 26OUT2017 (2)

Como previsto, teve lugar hoje no "CÓRSEGA" o almoço mensal do CR, retomando um local muito utilizado na nossa juventude. 12 (doze) presenças. Em primeira mão junta-se uma foto do evento:


Foto do CBMoreno (comprimida), recebida a 350 Km do evento fazendo uso das novas tecnologias.

quarta-feira, outubro 25, 2017

CR's em actividade: Lançamento do Livro "Comandar no Mar" editado pelo HAFonseca

























O Instituto de Estudos Políticos e As Edições Revista de Marinha têm o prazer de convidar V. Exa. para a apresentação do livro “Comandar no Mar”, coordenado pelo C.m.g. Orlando Temes de Oliveira, que terá lugar na Sala de Exposições do Edifício da Biblioteca, na Universidade Católica Portuguesa, no dia 14 de novembro, às 18h30.
O livro será apresentado pelo Vice-Almirante José Monteiro Montenegro e pela Prof. Doutora Lívia Franco, com as presenças do Coordenador, Editor e Autores.
No final da apresentação do Livro, será servido um Cocktail.

Mais informações e inscrições: 
secretariado.iep@iep.lisboa.ucp.pt

Utilidades: Mudança da hora 2017 (a 2021)


Nos anos de 2017 a 2021, inclusivé, o início e o termo do período da hora de Verão são fixados, respectivamente, nas datas seguintes, à 1 hora da manhã, tempo universal:
  • 2017: (domingo 26 de Março e) domingo 29 de Outubro,
  • 2018: domingo 25 de Março e domingo 28 de Outubro,
  • 2019: domingo 31 de Março e domingo 27 de Outubro,
  • 2020: domingo 29 de Março e domingo 25 de Outubro,
  • 2021: domingo 28 de Março e domingo 31 de Outubro.

domingo, outubro 15, 2017

Encontro mensal do CR: Almoço 26OUT2017

Por sugestão dum reconhecido arquitecto (e não só) do nosso Curso, vamos regressar ao local onde começámos de forma organizada e sistemática a conviver fora do circulo naval.
.
A convocatória para Outubro de 2017 do organizador-mor AFidalgo é para o CORSEGA, no dia 26 OUT 5ª Feira pelas 12H45 e implica uma resposta para o seu Email ou telefone.
Ele pensa que todos conhecem, mas para os mais distraídos, fica na Estrada de Benfica em frente à Igreja.
Um elemento que já em tempos idos marcava jantares neste local já reservou mesa. Para efeitos de trocos, o almoço custa 18 Euros, à escolha entre 8 pratos.
Como imaginam o estacionamento é difícil. Uma alternativa é o comboio saindo em Benfica e depois são 10 minutos a pé*. Há também autocarros com paragem mesmo em frente.

Aproveita-se para informar que está programado e marcado o Jantar Familiar de Natal, no dia 15 de Dez. no Clube Militar Naval.

Nota* Recomendação da Ordem dos Médicos

sábado, outubro 14, 2017

CR's em actividade: AC Rebelo Duarte na Academia de Marinha em 24OUT2017

ACADEMIA DE MARINHA
Programa das Sessões
OUTUBRO
2017 
Outubro


Dia 24 Terça-feira
17:30 horas

A CPLP e o MAR
Académico António Carlos Rebelo Duarte



Nota da R.: Nesta data e hora estava prevista uma conferência do actual PR que foi adiada.

quinta-feira, outubro 12, 2017

As LFG's na Guiné

Tínha-nos escapado, na Revista de Marinha nº 985 de Maio / Junho de 2015, um artigo de 4 páginas (48 a 51) com o título "O Comando de uma LFG na Guiné" da autoria de um camarada do nosso tempo de EN, que certamente com pena, mas contente por não ter reprovado, não pertence ao CR mas ao OC. Trata-se do CAlm Luís Pereira Vale que de Junho de 1973 a Julho de 1974 comandou a LFG "Orion", navio que logo a seguir seguiu para Angola onde ficou para lá da independência.
Recomendamos vivamente a sua leitura.
Ver aqui.

segunda-feira, outubro 09, 2017

CR's noutros Blogues (1)

Uma reflexão de 28SET2017 do nosso camarada CR HCostaRoque sobre o "desaparecimento" de armamento ocorrido nos Paióis de Tancos  e publicada no blogue "O Navio... desarmado" pode ser lida em https://onaviodesarmado.blogspot.pt/2017/09/um-emq-em-tancos.html

Desafios culturais (27)

Há pelo menos no nosso País uma Avenida da Marinha Portuguesa. Rua, Rua da Marinha, julgamos que não há muitas para além da que se mostra na foto. Onde se localiza?
A placa toponímica tem que ser procurada nesta foto deste prédio degradado (lamentavelmente numa zona nobre desta cidade).

domingo, outubro 08, 2017

Artesanato

No artesanato em Portugal a olaria tem um papel destacado. Bastaria referir que o Galo de Barcelos é a peça mais vendida em todo o Mundo. No Museu de Olaria em Barcelos www.museuolaria.pt tem especial interesse ver-se a evolução deste galo até aos dias de hoje.
A Comissão da preparação dos 75 anos de entrada na EN do CR, nas investigações levadas a cabo para comemoração daquele evento encontrou na mesma zona a interessante peça que se reproduz seguidamente, mas já criticada por vários movimentos feministas:


Nota da Redacção: Colaboração de um anónimo que não teve coragem para se identificar.

quinta-feira, outubro 05, 2017

Bodas de ouro de elementos do CR

Por desatenção, deixámos escapar e assinalar alguns camaradas do nosso CR que já completaram os 50 anos de casados neste ano de 2017.
É o caso dos seguintes, a quem, bem como às respectivas mulheres, enviamos os nossos parabéns:

Casal Costa e Silva 27ABR1967 Aristides e Fernanda
Casal Sousa Henriques 03JUN2017 José Manuel e Maria Teresa
Casal Cardoso Anaia 25JUN1967 Amadeu e Gracinda
Casal Freire de Menezes 13JUL2017 Manuel Agostinho e Maria Lucinda
Casal Alves de Almeida 23SET2017 José e Maria Júlia

Nota* Aguardamos a confirmação da data precisa que não encontrámos na nossa Agenda dos 50 anos.

P.S. Já neste ano de 2017, em 01ABR tinham completado os 50 anos do respectivo casamento o Manuel Rebelo Marques e a Domitília.




domingo, outubro 01, 2017

Falecimento da mulher dum elemento do CR: Do MRebeloMarques

Em 30SET2017 em Faro, na sequência de doença revelada recentemente e que não perdoa, faleceu a Domitília, mulher do nosso camarada Manuel Rebelo Marques. O velório, que está a decorrer, foi iniciado hoje dia 01OUT a partir das 15 horas na Capela de S. Luís daquela cidade. Amanhã dia 02 a anteceder o funeral será celebrada Missa às 15H00.
Ao Manuel e aos seus filhos, especialmente em nome dos que não puderem estar pessoalmente presentes, apresentamos as nossas muito sentidas condolências.

sábado, setembro 30, 2017

Aniversários de elementos do CR: Outubro de 2017

Neste mês de Outubro de 2017 completam mais um ano:

02OUT(1946) FERNANDO LUÍS CALDEIRA FERREIRA DOS SANTOS
06OUT(1944) MANUEL DE CAMPOS PEREIRA BENTO
07OUT(1943) ANICETO ARMANDO PASCOAL
08OUT(1944) EURICO FERREIRA DE CARVALHO
19OUT (1945) JAIME ALEXANDRE VELEZ CALDAS
20OUT(1943) LUÍS SEBASTIÃO FEIO DE ALMEIDA D’EÇA

A todos um abraço de parabéns.


  Também fazia anos neste mesmo mês:

11OUT(1944) ANTÓNIO DA SILVA DIAS FERREIRA, que faleceu em Lisboa em 04MAR2012

No dia 20OUT recordamos o FERNANDO SANCHES OLIVEIRA, no 2º aniversário do seu falecimento (20OUT2015).

quinta-feira, setembro 28, 2017

Encontros mensais do CR: 28SET2017 (2)



Foto do CBMoreno (comprimida)

Efemérides: 100 anos da Aviação Naval em Portugal


"A Aviação Naval nasceu em 1917 e foi extinta em 1952. 
Cem anos atrás, em 28 de Setembro de 1917, pelo Dec.nº 3395, foi criado o Serviço de Aviação da Armada com a Escola anexa, subordinada à Majoria General da Armada. Esta decisão governamental deveu-se, em grande parte, à iniciativa do Comandante Sacadura Cabral, já então brevetado como aviador-naval, e sendo o verdadeiro inspirador e impulsionador da nascente Aviação Marítima, depois designada Aeronáutica Naval.
Em 27 de Maio de 1952 foi publicada a Lei n.º 2055, estabelecendo a estrutura orgânica do então recentemente criado Subsecretariado de Estado da Aeronáutica, prevendo a unificação das Forças Aéreas (do Exército e da Marinha), na dependência desse departamento governamental.
Em 01 de Janeiro de 1953 já não existia Aviação Naval como ramo da Marinha de Guerra."

quarta-feira, setembro 27, 2017

Movimento hospitalar: Alta em 27SET2017

Só ontem tivemos conhecimento do internamento no Hospital dos Lusíadas do nosso camarada HCRoque, quando um pequeno grupo tinha a intenção de o visitar a seguir ao almoço CR previsto para esta semana. Contactado hoje soubemos que previsivelmente terá hoje alta e sai mais leve (sem o apêndice). 
Votos de rápido restabelecimento.

terça-feira, setembro 26, 2017

Visita guiada na RTP2, em 25SET2017, a Instalações da Marinha

A RTP2 transmitiu em 25SET2017 mais um episódio (VII) "Visita guiada", este sobre algumas dependências das Instalações na "Administração Central da Marinha" na Ribeira das Naus em Lisboa, designadamente a Capela de S. Roque e o corredor de ligação à Praça do Município. Nesta visita, cuja visualização recomendamos vivamente, o camarada FZ Comte Rocha e Abreu foi mais uma vez* um magnifico e muito completo cicerone. 
Este episódio pode ser visto aqui.

Nota* As suas visitas guiadas à Fragata D. Fernando II e Glória são igualmente muito atractivas e de excelente nível. 

quarta-feira, setembro 20, 2017

CR's em actividade: Presença na posse do novo CAPIMARCASCAIS

Um fotógrafo nosso conhecido captou em 18SET2017, na posse do novo Capitão-do-porto de Cascais (CTEN Pereira da Terra que rendeu o CFRAG Fonte Domingues) o nosso camarada CR HAFonseca: 

N. da R. Mas não conseguiu apurar com qual dos seus vários chapéus: Presidente da Confraria Marítima? Director e Proprietário da Revista de Marinha? etc...?

quinta-feira, setembro 14, 2017

Encontro mensal do CR: 28 de Setembro de 2017

Recebida, por mail do organizador, a msg seguinte, de reinício das actividades gastronómicas do CR no "ano lectivo 2017/2018":

Caros amigos,

Após umas muito merecidas férias, está na altura de recomeçarmos os nossos almoços, como uma afirmação da nossa amizade e união.
Assim, "convoco-vos" para o almoço/convívio no dia 28 de Set.- 5ª F, pelas 1230 no CMN
Aceitam-se sugestões de outro local para o de Outubro, a apresentar naquele dia.
Um abraço, ficando a aguardar as vossas respostas.
AFidalgo

quarta-feira, setembro 13, 2017

Homenagem às nossa Corvetas

Tantos do CR que prestaram serviço nestas Corvetas, uns na sua recepção como oficiais das respectivas guarnições e mais tarde em Comissões, outros como Oficiais Imediatos e Comandantes quer em África quer nas Regiões Autónomas, mais intensamente nos Açores onde agora foi prestada esta homenagem:
Ponta Delgada homenageou as corvetas da Marinha

  No passado dia 08 deste mês de Setembro, a Câmara Municipal de Ponta Delgada decidiu homenagear, com o descerramento de uma placa junto ao Forte de São Brás, os elementos da Marinha que servem nas corvetas das classes JOÃO COUTINHO e BAPTISTA DE ANDRADE ,  há mais de 4 décadas, prestando valiosos serviços aos açorianos e a Portugal.



terça-feira, setembro 12, 2017

CR's em actividade: EFC nos ANAIS do CMN

No número de Janeiro a Junho de 2017, Ano 147, a páginas 267-272 destes Anais do Clube Militar Naval (CMN), mais uns "Os ANNAES há 100 anos" sempre muito interessantes, da autoria do nosso camarada EFerreiradeCarvalho que assina F.C..
Já recebemos este número (em boa hora digitalizado) por Email.

sábado, setembro 09, 2017

Recordando?

Para recordarmos confortavelmente em casa, já esquecidos dalgumas navegações com mau tempo, nomeadamente das mais antigas nos mares dos Açores, ver aqui.

terça-feira, setembro 05, 2017

Incidente submarino

Ocorreu há bastantes anos atrás, quando o nosso camarada CF era comandante de submarino,
mas só agora é oportuno revelar este incidente ao público em geral.


quinta-feira, agosto 31, 2017

Aniversários de elementos do CR em 2017: Setembro

Os camaradas do CR que neste mês de Setembro de 2017 completam mais um ano são os seguintes:


08SET Pedro Lencastre (1943)
18SET Carlos Bonina Moreno (1945)
25SET Ramiro Medeiros de Sousa (1944)

A todos os nossos parabéns.

Em 03 deste mês recordamos o Francisco Pina que nos deixou nesse dia de 2003 e em 17 o Luís Bilreiro que partiu em 2005.

Nesse mesmo dia 25 de Setembro, data do seu nascimento em 1943, recordamos também o José Manuel Correia Graça que igualmente já não se encontra entre nós.
No dia 28, data do seu nascimento em 1944, o Francisco José Ferreira Neto que faleceu em 14 de Novembro de 2014.

P.S. A data que tínhamos do falecimento do Bilreiro era 25SET2005, mas 17 é a que consta nos registos da DSP.

quarta-feira, agosto 30, 2017

11º Aniversário deste blogue

Hoje dia 30 de Agosto de 2017, este blogue do Curso Miguel Corte Real, o CR , comemora onze anos de existência.
Neste último ano ainda se registaram menos colaborações e não se alterou o número dos membros deste blogue do ano anterior apesar dos convites e avisos que  por várias vezes endereçámos aos elementos do CR que ainda não estão "embarcados", alguns dos quais muito participativos noutras áreas. 
Mais um vez e provavelmente a última, apelamos às buscas nos "arquivos (quase) mortos" de fotografias ou outros documentos que haja interesse em partilhar e recordar. É pena que não se preservem essas memórias especialmente para os nossos descendentes.
As visitas tem sido em menor número mas são sinal de que há ainda quem por aqui vai passando.
Lamenta-se entretanto a partida de quem entretanto nos deixou, neste último ano o CRHC Monteiro Santos. 

domingo, agosto 27, 2017

Recordando a Sagres e Cabo Verde

O CR foi especialmente tocado por Cabo Verde a partir de 1965 na nossa viagem de instrução do 2º ano da EN e as mornas fazem especialmente parte desse património como terão oportunidade de confirmar aqui nesta morna dedicada à nossa SAGRES e à Marinha.

P.S. Com os nossos agradecimentos ao camarada LC Botelho Leal pela lembrança.

sexta-feira, agosto 18, 2017

Comportamentos a evitar nas praias

Recebemos estas instruções sobre comportamentos a evitar na praia e na costa, com indicação específica para serem rigorosamente respeitados pelos elementos do nosso Curso quando na praia:
1. - Realizar “acrobacias” na areia (saltos mortais, etc.);
2. - Mergulhar em zonas rochosas ou em locais em que se desconhece a natureza do fundo e a profundidade;
3. - Circular ou descer com ou sem pranchas em falésias ou arribas de areia;
4. - Praticar desportos (Kitsurf, asa delta, etc.) nas proximidades de falésias, arribas ou formações rochosas;
5. - Praticar Stand Up Paddle junto a zonas de banhistas; 
6. - “Enterrar” pessoas na areia. 

Esta última é mesmo de evitar mesmo que tenham uma forte vontade de o fazer a um "amigo".:

quinta-feira, agosto 10, 2017

Utilidades: Informação útil sobre deriva litoral

Informação útil sobre as correntes que se formam (ou podem formar) nas praias e pode ser vista aqui. O seu desconhecimento tem sido a causa de muitos acidentes na nossa Costa Continental.

segunda-feira, agosto 07, 2017

Notícias que nos fazem recordar...

Lembro-me de, nas saídas e entradas no Tejo nos nossos embarques de fim-de-semana na Escola Naval, vermos com frequência golfinhos no estuário do Tejo. No estuário do Sado continuaram sempre a existir. Mas na BNL como aqui se pode ver será certamente mais raro. Sejam benvindos!

sexta-feira, agosto 04, 2017

Utilidades: Praia em directo

Em plena época balnear e para obtenção de informações úteis sobre as praias que nos possam interessar, recorda-se: Praia em directo
Não estão todas, mas estão certamente algumas na zona.

segunda-feira, julho 31, 2017

Base Naval do Alfeite: As sete quintas

Base Naval do Alfeite. Esta zona foi outrora refúgio de bem estar desde o reinado de D. Pedro IV. Aqui existiam sete quintas - Piedade, Outeiro, Romeira, Alfeite, Quintinha, Antelmo e Bomba - onde se cultivava a vinha, o olival, pomares diversos e lavradio com hortaliça, legumes e cereais. O ditado popular de "estar nas sete quintas" alude precisamente ao privilégio de bem estar que esta zona permitia aos seus proprietários. Uma das principais figuras históricas que parece ter encontrado nas sete quintas um dos seus passatempos preferidos, a caça, foi o infante D. Francisco, filho de D. Pedro II; outro monarca que vinha caçar para o Alfeite foi o rei D. Carlos. Para além de coelhos, perdizes ou galinholas, não faltavam os patos reais, galinhas de água, narcejas, maçaricos e tarambolas.


Ver também sobre este assunto e outras instalações a Marinha na margem esquerda do Tejo / Sul http://porfragasepragas.blogspot.pt/2016/01/seixal.html (Colaboração do AVCunha)

http://www.diarioimobiliario.pt/Arquitectura/Fotografia-com-Arte/Casas-com-Historia-Tesouro-escondido-no-Palacio-do-Alfeite


domingo, julho 30, 2017

Aniversários de elementos do CR: Agosto de 2017

Completam mais um ano neste mês de Agosto os seguintes camaradas do CR:

AUGUSTO JORGE DOS SANTOS LACERDA FERREIRA 01AGO1943
ANTÓNIO CARLOS REBELO DUARTE 03AGO1946
JOÃO CARLOS PINA CORREIA MARQUES 11AGO1945
JOSÉ ARMANDO RODRIGUES LEITE 16AGO1943
ANTÓNIO MARIA CATARINO DA SILVA 25AGO1944

A todos um abraço de parabéns.

Neste mês recordamos, muito especialmente, no dia 17 o Varela Castelo (falecido no Hospital da Marinha em 1976*), no dia 28 o Araújo Baptista (falecido naquela data em 2008) e o Calhau Feitoria no dia 31 (data do terrível acidente que o vitimou em 1999).

Nota*: Cujo 1º filho, também José Manuel, nasceu no dia 24AGO1976 e ele não teve oportunidade de conhecer, mas ao qual enviamos por esse dia 24 os nossos parabéns.

sexta-feira, julho 21, 2017

Mini-encontro em Proença-a-Nova


Foto, tirada no dia 06 deste mês de Julho de 2017, em Proença-a-Nova (270 Castelo Branco 30 milhas), junto à estátua do Comendador João Martins, um benemérito lá do sítio.
Esta foi uma incursão que o FSLourenço fez, nesse dia e no seguinte, à aldeia do seu Pai, que é desse Concelho, "escoltado" pelo ACRDuarte e CBMoreno.
Este local tem ligação com o SJorge ( a mulher é da Sobreira Formosa, pertencente ao mesmo Concelho) e com o BVentura, cuja sogra é também da Sobreira Formosa.

Informação e foto do FSL

Interlúdio (6)

Na Feira de Belém (Lisboa) num Domingo.


Foto de 16JUL2017 de JPVB

terça-feira, julho 18, 2017

Desafios culturais (26)

Com enorme insucesso os desafios anteriores, especialmente os dois últimos (24 e 25) que não tiveram respostas (certas). E  por um deles, o (25), tivemos que passar inúmeras vezes ao longo das nossas vidas de Marinha.
Decidimos assim alterar o rumo para a costa de Portugal e aqui está um sector do Domínio Público Marítimo de Portugal Continental para ser identificado:
Foto de JPVB

segunda-feira, julho 17, 2017

Movimento hospitalar: Alta em 17JUL2017

Teve hoje, 2ª Feira, alta do Hospital Cuf-Cascais o nosso camarada MAFMenezes. A cirurgia à anca a que foi sujeito teve grande sucesso e já em casa irá continuar as necessárias sessões de fisioterapia. 
Já liberto das dores que antes o atormentavam, desejamos-lhe um rápido restabelecimento.

segunda-feira, julho 10, 2017

Novo record CR de família alargada em 10JUL2017

Registou-se nesta tarde de 2ª Feira, dia 10 de Julho de 2017, novo record do número de netos, estabelecido no número de 14 (quatorze)*, com o nascimento da Joana, filha duma das filhas (a Teresa) do nosso camarada HAFonseca e da Fátima.
À nova cidadã (que está completamente isenta de responsabilidades nos graves acontecimentos de que com razão se fala neste País), aos seus pais e avós os nossos parabéns e votos de muitas felicidades.


Nota* E em vias de ser melhorado nas próximas semanas!

Movimento hospitalar: Em 12Jul2017

Na próxima 4ª Feira dia 12 de Julho vai ser sujeito a uma cirurgia à anca no Hospital CUF- Cascais o nosso camarada MAFMenezes. Desejamos-lhe grande sucesso na operação e esperamos ter notícias no próprio dia, daquele hospital, onde provavelmente permanecerá os 5 dias seguintes.

Aditamento de 13JUL: Pelo próprio soubemos que a operação realizada na tarde de 12JUL correu muito bem e que não teve nem tem presentemente qualquer dor.

domingo, julho 02, 2017

A Hora da Solidariedade

Uma equipa de luxo tinha-se reunido. Marte, habituado ao sangue das guerras, conhecedor de mil e uma estratégias de morte, ocupou-se da ordem de operações, não sem alguma hesitação, dado que, havia não muito tempo, tinha simpatizado com aquele povo. Vulcano, fabricante de raios e coriscos de qualidade, hoje certificados, era capaz de visar com precisão qualquer alvo com erro inferior a 100 centímetros, beneficiando da ajuda de pequeno equipamento que guardava religiosamente numa bolsa atada à cintura, o que era bem mais preciso do que o método antigo de jogar os raios à mão. Éolo, capaz de transformar qualquer atmosfera, por mais calma, simpática ou agradável, em assustador remoinho ventoso por vezes mesmo não respeitando as normas decretadas por Júpiter para o vento.

Escolheram as bandas de Pedrógão Grande, junto ao Zêzere, um local em que o arvoredo se debruça sobre as estradas, a mata é densa, a orografia espinhosa. Marte insistiu em data anterior ao início do que os humanos chamam época dos incêndios e que fôsse num sábado, quando as gentes descansam, visitam familiares ou se divertem, procurando esquecer agruras e preocupações. Vulcano impôs um dia em que o calor apertasse bem acima dos 30 Celsius e o risco de incêndio classificado de muito elevado, e Éolo favorecia um vento sem rajadas ou alterações de direcção bruscas.

Marte sabia que a estrutura de protecção civil, que os orgulhosos humanos tinham montado, estava vulnerável, e conhecia o local exacto das antenas em que confiavam para trocar impressões, combinar estratégias, tácticas e informações diversas, e também que as  instalações móveis de substituição estavam fora de serviço. Vulcano não ignorava que eles, os humanos, se ufanavam de ser capazes de prever o caminho do fogo, o que o deixava um pouco irritado, já que o fogo é indomável e, de acordo com Éolo, também insatisfeito com a ousadia da tentativa de saber de onde sopram os ventos, combinou uma forma de os confundir.

Decidiram em conjunto, assessorados por Baco, que seria 14 horas e 30 minutos após o início dos 17 dias do mês de Junho. Ordem de operações feita, foi devidamente distribuída, cifrada de forma a que não caísse em mãos alheias.

Mas Mefistófeles, na impossibilidade de considerar a aquisição, por ver o seu orçamento truncado por cativações, tinha alugado a alma de um semi-deus  agastado por só lhe ser permitido acesso a tarefas de olímpica jardinagem, lhe ser imposta a semana de 45 horas e não ser aumentado há mais de 1000 sóis. Foi nessas tarefas que lançou mão do importante documento, e, tendo tido manhas de o decifrar, embora parcialmente, conforme o contrato de aluguer, enviou-o a Mefistófeles.

Mefistófeles reconheceu imediatamente o potencial dos conteúdos que recebeu, aumentou o grau de prontidão das suas hostes e mobilizou uma equipa de intervenção rápida mefistofélica, embora a um sábado, o que lhe custaria uma fortuna em horas extra. O medo de ter de assumir a responsabilidade de não aproveitar tal oportunidade, perante a opinião infernal, era porém superior a qualquer explicação de gastos.

Não sabendo bem onde era essa coisa de Pedrógão, partiu cedo, não fôsse perder tempo a procurar a zona, e, chegando um pouco antes das duas da tarde, ordenou um reconhecimento, que revelou estar tudo pacífico. Refugiou-se, com a equipa de intervenção rápida mefistofélica, num pinhal perto de um lugar de que nunca tinha ouvido falar, Escalos Fundeiros. Sentado numa pedra, temia ter sido enganado e pensava nos castigos a aplicar ao informador; rapou de uma beata que acendeu estalando os dedos, para ajudar a passar o tempo, e pôs-se a brincar com a caruma existente no chão, que imediatamente se incendiou com o contacto daqueles dedos de fogo. Os membros da sua equipa de intervenção rápida mefistofélica, ao verem pequenas labaredas a bailar entre os dedos do patrão, avessos por natureza a qualquer disciplina ou contenção, ou talvez tentando interpretar as suas verdadeiras intenções, rapidamente juntaram grande quantidade de galhos partidos, caruma, pinhas. O fogo cresceu e um pinheiro próximo começou a arder. Furioso, Mefistófeles ergueu-se a voar e à volta do pinheiro voou três vezes a chiar de fúria, pois bem sabia que o fumo os denunciaria. Passou-lhe, muito brevemente, pela cabeça abafar as chamas, mas essa tarefa era impossível para aquela equipa e, de resto, para ele próprio, já que nenhum tinha formação de bombeiro. E, pior, o seu esvoaçar impensado tinha provocado o alastrar do fogo para árvores próximas. O fumo elevou-se, as chamas cresceram, o alarme estava dado.

Marte chegou ao local e logo se apercebeu do fogo para os lados de Escalos Fundeiros. Praguejou. Vulcano, aquele incapaz, fazia sempre asneira. Nem acertou no local nem na hora! Agora tinha de reajustar o plano! Tentou contactar Vulcano para o confrontar, usando o olimpomóvel, mas não tinha rede. Outro desvio da ordem de operações? Nisto, começou a ouvir os trovões consequência dos lançamentos de Vulcano.

Vulcano cumpria assim a sua parte na ordem de operações e durante 90 minutos espalhou as suas armas. Tinha preparado 300 raios, mas tinha tido 10% de falhas de fogo e só conseguiu colocar no solo cerca de 15% dos lançamentos, e mesmo assim longe dos alvos previstos, perdendo-se os outros no ar. Consequência de ter feito, afinal, os lançamentos à antiga, já que o seu equipamento também não tinha rede e assim faltaram-lhe boas posições de GPS. Mas o resultado parecia ser de uma eficácia sem par.

Mefistófeles deu-se imediatamente conta da presença de Vulcano, e a sua fúria converteu-se logo em alegria. Ordenou à equipa de intervenção rápida mefistofélica que espalhasse o fogo tanto quanto possível e ele próprio corria de labareda em labareda, transportando em ambas as mãos enormes ramos em fogo, espalhando ao acaso chamas e brasas por restolho e matas. Vulcano, ignorante da presença de Mefistófeles, surpreendia-se com o que julgava ser sua obra.

Éolo entrou em acção exactamente como estava na ordem de operações. Contra a expectativa dos humanos, um vento disciplinado, talvez previsível, presenteou-os com uma violenta sopradela de cima para baixo, baralhando completamente a normalidade, espalhando brasas em todas as direcções: o fogo espalhou-se sem rei nem roque, surpreendendo mesmo o próprio Mefistófeles, que compreendeu finalmente a totalidade do documento que recebera. Abandonou a tarefa de espalhar o fogo, agora desnecessária pela acção de Éolo, e ordenou à equipa de intervenção rápida mefistofélica a eliminação das antenas que os humanos usavam para comunicar entre si. Uma vez isso concluído, dedicou-se à recolha de almas inocentes, uma das suas tarefas preferidas.

Os humanos, esses, sofreram tudo. Tiveram medo, fugiram, sacrificaram-se, morreram, desesperaram, pediram ajuda, perderam casas, gado, haveres, tudo. Finalmente, após dias de combate, venceram o fogo. Contam-se 67 mortos, mais de 250 feridos, milhões de prejuízos, 45000 hectares ardidos, mais de 200 habitações destruídas, um sem número de vidas destroçadas, mas estes números não reflectem com rigor o estrago feito, apenas é uma forma deformada de o avaliar: de facto, é muito maior.

Agora é, de acordo com a comunicação social, a hora das respostas: quem teve culpa? Quem tem responsabilidades? Como foi possível? É a hora dos inquéritos, comissões, relatórios, avaliações. É a hora das explicações, jogadas como se de um xadrez gigantesco se tratasse, em que os receios de ficar mal na fotografia assumem estatuto como se tivessem direito próprio, é a hora de pensar nas eleições, é a hora de sacudir a água do capote, é a hora de apontar defeitos alheios, é a hora de caiar a fachada, é a hora de afiançar que culpas, se as há, se espalham num caldo de entropia máxima que talvez venha mesmo a abranger D. Diniz, e o Pinhal de Leiria.

Deixemos que se discuta tudo, mas não esqueçamos que agora é, também, a Hora da Solidariedade, a hora de ajudar como cada um puder os que viveram o inferno e sofrem. A hora de os respeitar e ajudar a reconstruir o que for possível das suas vidas. A hora de lhes mostrar que não estão sós. Sem condições de qualquer natureza.

É a hora de olhar para o 'como será'. É a hora de perguntar:

O que pode, cada um de nós, fazer por esse futuro?